Em a legião autora nacional autora parceira bruxas clã guerreiro cristy s. angel editora pendragon fantasia guerreiras kahlan lendárias nacional o oráculo parceira

Resenha: Lendárias - A Legião e O Oráculo, Cristy S. Angel

Livros: Lendárias - A Legião e Lendárias - O Oráculo
Autora: Cristy S. Angel
Editora: Pendragon
Páginas: 184 e 213
Nota:⭐⭐⭐
Livros lidos em parceria com a autora
Contém leves spoilers na parte de "Lendárias - O Oráculo"

Sinopse

Lendárias - A Legião

Em sua busca pela libertação de uma maldição, Kahlan, a líder das lendárias, deixa-se capturar para ser levada ao rei das terras do norte. Enquanto isso, o restante de seu clã tem que decidir se partirá em sua busca ou se desvendará um mistério que se desenrola no forte das bruxas.

Enquanto a jovem líder atravessa a perigosa floresta negra, ela tem seus poderes removidos por um bracelete mágico e se vê prisioneira do comandante da legião, Lian Ruthven.

Os destinos desses dois guerreiros já haviam sido entrelaçados e agora, sem saber, eles caminham para um futuro incerto.

Lendárias - O Oráculo


Ao chegar as terras do norte, a Líder Lendária se vê subjugada e obrigada a conviver com os humanos no castelo. Ao mesmo tempo, o comandante Lian se vê surpreendido quando o temor de Kahlan torna-se realidade. Atormentado pela culpa ele decide partir, com a ajuda das bruxas do clã, em uma missão secreta em busca do oráculo que pode lhe ajudar a esclarecer os últimos acontecimentos.

No castelo, enquanto procura uma forma de se libertar, a bruxa descobre que algo terrível assola Vanmarah e precisará se aliar ao capitão Felipe para encontrar uma forma de salvar a todos.

Uma traidora, um encapuzado, uma passagem secreta e uma rainha misteriosamente doente. O que você faria por quem ama? O que estaria disposto a sacrificar por sua liberdade? Conheça o mundo de Aurorya em uma aventura repleta de mistérios, magia e criaturas demoníacas.


Minha opinião

Lendárias - A Legião

Quando vi as inscrições abertas para parceria com a Cristy S. Angel nem pensei duas vezes, visto que já li algumas fantasias da Editora Pendragon e amei. Você podem ver pelas resenhas de Adelphos e Linra - 18 almas.

Já sabia que viria coisa boa, mas vocês não imaginam o quanto esses livros me surpreenderam e cativaram!

No primeiro livro, somos apresentados à origem das bruxas, a separação que ocorreu de clãs de bruxas entre clã das curandeiras, clã das videntes e clã guerreiro. Conhecemos também a maldição de L' Bonier. Essa maldição consiste em: o humano que possuir a esfera se tornará mestre da bruxa amaldiçoada, subjugando-a e forçando-a a fazer tudo que o mestre mandar sem questionar.


Por que uma flor de lis? — Era a flor preferida de Asiel, uma das três matriarcas.

A legião é a guarda especial do rei. Eles foram treinados e a pedido do rei foram em busca da bruxa amaldiçoada. Em uma emboscada eles conseguem batalhar com as bruxas do clã das lendárias, vencê-las e capturar a líder do clá guerreiro das bruxas, Kahlan, usando nela a pulseira de Endora para enfraquecer seus poderes.

"De todas as criaturas que existiam, os humanos eram os mais terríveis, matavam sua própria espécie por inveja, ganância ou qualquer outro motivo fútil."

No entanto, há algo estranho nisso tudo. A esfera está desaparecida e Kahlan percebe que o comandante Lian possui um segredo, segredo esse que nem ele mesmo deve saber. E apesar de as circunstâncias aproximarem Kahlan da Legião, eles ainda precisam seguir ordens e levar Kahlan para o rei.

Mas o rei é um homem bom e a esfera está desaparecida, não há como ele querer subjugar a líder das lendárias e pra quê faria isso?

⚠️Atenção! Leves spoilers a partir daqui.

No segundo livro, a Legião chega com Kahlan no castelo e infelizmente o que mais temiam acontecem: a esfera estava com um dos legionários o tempo todo sem o comandante soubesse e Kahlan se torna subjugada, mas ela tem um plano.

No entanto, tudo parece bem. Apesar de Kahlan está subjugada, ela fica como convidada no castelo e tem direito de reunir suas irmãs lendárias a ela. Mas até quando a paz vai durar? É possível confiar em humanos?

O foco central do segundo livro é a busca do oráculo para que Kahlan descubra uma forma de quebrar a maldição e se ver livre da subjugação de uma vez por todas.

Gente, que universo rico a Cristy criou em Lendárias! Se em A Legião você já fica encantado com tantos seres fantásticos, no segundo conhecemos mais, mas sem se tornar um exagero. O livro é muito bem equilibrado.

"Ele já ouvira falar que as bruxas mudavam à noite e teria advertido seus homens a não olharem diretamente no rosto dela antes de amanhecer. Ouvira falar também que quando um homem olhava para o rosto de uma bruxa transformada, ele enlouquecia com o que via."

Lendárias tem de tudo um pouco: amizade, decepção, humor, cenas de lutas, mortes, romance, traição, inimizade, feitiços, vingança e muito mais. E nem pense que você ficará perdido entre seres fantásticos porque os dois livros contam com um glossário no final. E eu confesso que fiquei extremamente impressionada com algumas criaturas, especialmente as feiticeiras corvinas.

Lendárias são livros para amantes da fantasia para ler rápido, se encantar com personagens femininas fortes e torcer para a Cristy trazer logo a continuação porque o segundo livro termina em um gancho que nossa! Ansiosa para saber logo o desfecho! E segundo a autora tem novidades vindo por aí. E devo afirmar mais uma vez aqui: a leitura nacional tá de parabéns! Não deixem de conferir.


Para entender a simbologia da pera, vocês terão que ler o livro.

Você pode adquiri-los aqui.

Por Amanda Rocha

Posts Relacionados

1 comentários:

  1. Amanda, vc está de parabéns! Que resenha fabulosa. você conseguiu entrar de cabeça na narrativa e ver pontos importantes. Amei. E que criatividade, superrrr showwwww as fotos. Muito obrigada pela parceria <3 <3

    ResponderExcluir