Em eclipse edward cullen fantasia isabella swan jacob black livro lobisomens quileutes resenha revivendo forks romance stephenie meyer vampiros volturi

Resenha: Eclipse - Stephenie Meyer

Livro: Eclipse
Autora: Stephenie Meyer
  Editora: Intrínseca
Páginas: 464
Nota: ⭐+❤️
🍎Livro lido no #RevivendoForks
⚠️Contém spoiler. Terceiro livro da saga Crepúsculo.


Sinopse

Enquanto Seattle é assolada por uma sequência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella está cercada de perigos outra vez. Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob - sabendo que essa decisão tem o potencial para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens.

Com a proximidade da formatura, Bella tem mais uma decisão a tomar: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas?

Os leitores fascinados por Crepúsculo e Lua nova vão devorar ansiosamente Eclipse - o terceiro livro da excitante saga de amor e vampiros assinada por Stephenie Meyer.


Minha opinião

Esse sempre foi meu favorito da saga e estava ansiosa para reler! E apesar de ver alguns problemas nele, continua sendo o melhor da saga (até agora pelo menos, porque ainda teremos Amanhecer).

Jacob ainda está magoado com Bella sobre a notícia de querer virar uma vampira. Bella ainda está de castigo porque Jacob contou a Charlie sobre a moto tentando separar Edward de Bella, no entanto, eles seguem juntos.

Charlie resolve dar uma trégua no castigo de Bella desde que ela prometa que se relacionará mais com os amigos da escola e especialmente Jacob, que ele percebeu que está muito triste longe dela e a lembra que ele quem a deu força quando Edward a abandonou. No entanto, Edward acha muito perigoso visto que os lobisomens podem perder o controle a qualquer momento.

"Mas nunca mais verei ninguém, Bella. Só vejo você. Mesmo quando fecho meus olhos e tento ver outra coisa."

Uma onda de assassinatos começa a ocorrer em Seattle e preocupa Charlie. Sem saber do que se trata as pessoas cogitam ser um novo serial killer, já os vampiros acreditam ser os Volturi, embora eles sejam extremamente cuidadosos e o modus operandi não condiza com os Volturi.

E por que eu amo tanto esse livro? Nesse livro aprendemos um pouco mais sobre a origem dos lobisomens e suas lendas. É uma parte extremamente maravilhosa. Não há outra palavra para descrever. A união deles na fogueira, as brincadeiras entre eles e claro, as lendas contadas por Billy Black e como elas se encaixam bem no fato de atingir uma comunidade indígena.

"Eu quase podia sentir o gosto da doçura do reencontro no ar; a fragrância distinta do perfume de seu hálito; o vazio de nossa separação deixara seu próprio gosto amargo, algo que só tive consciência quando foi removido."

Além disso, apesar do triângulo amoroso irritar um pouco às vezes porque é Bella endeusando Edward, Edward se sentindo culpado por absolutamente tudo e Jacob tentando forçar um pouco a barra, é realmente interessante ver como Edward é altruísta e ver Edward e Jacob trabalhando juntos para o bem de Bella. A união dos lobisomens com vampiros depois de anos de brigas é um marco inegável.

E toda a parte da explicação de porque Rosalie não se dá bem com Bella é muito forte, pode causar gatilhos, mas muito interessante. Conhecer como Jasper se transformou e porque seus poderes têm efeito em Bella também. O quão triste é saber que Leah entrou para a alcateia e compartilha seus pensamentos com os outros e claro, aprender finalmente sobre como funciona o imprinting.

"A mente da alcateia é hipnotizante. Todos os pensamentos juntos e depois separadamente, tudo ao mesmo tempo. Há tanto a ler!"

E óbvio que Bella não poderia deixar de se machucar nesse livro também, né? Dessa vez ela quebra a mão socando Jacob quando ele a beija à força. Certíssima, porém esqueceu que ele é um lobisomem.

Esse livro tem muitas referências a outras obras e estou pensando de no final fazer um apanhado de todas citadas na saga, o que acham?

Estamos quase chegando ao fim e toda essa saga que está me enchendo de nostalgia já está deixando saudades... Ainda bem que em breve teremos Sol da meia-noite!

Ah, e não esqueçam de conferir os vídeos de comparação livro X filme da saga lá no Canal Sobre a Leitura!

Por Amanda Rocha

Posts Relacionados

4 comentários:

  1. Eu não lembrava que era nesse 3 que conta a história da Rose, da questão da maternidade, né? Não sei se eu tô dando spoiler (na vdd, to forçando a memória). Eu confesso que acho ela mais legal que a Bella e não suporto o trisal em Crepúsculo, pq o J. realmente força muito a barra e o Edward é muito "ai, minha culpa, minha mimimi". KKKK
    Aliás, não lembrava também do quê investigativo. Minha memória é muito zoada por causa dos filmes (o passado dos "lobisomens" é o que eu mais curto, mas ficou estragadão lá).

    ResponderExcluir
  2. Crepúsculo é clichê? É. Mas não dá pra esquecer o quão fã eu sou dessa saga e o quanto eu queria que tivesse mais continuações dessa história. Quero ver como a Renesmee vai ficar no final, sabe? Sei lá, essa história é perfeita demais ❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
  3. Ai amiga ver você falando desses livros minha vontade de ler Crepúsculo só aumenta. Eles até estão na minha meta de leituras para 2020. Não vejo a hora de ler. <3 parabéns pela resenha, amiga. Ficou muito bem feita!

    ResponderExcluir
  4. Eclipse foi um livro razoável para mim, a primeira parte achei fluída e com novidades no enredo, já metade ao final, ficou um pouco arrastada, mas é mil vezes melhor que Lua nova. Achei alguns personagens mais maduros e responsáveis e o que mais me chamou a atenção foi o cenário descrito, que entrava em desvaneio desejando estar lá.

    ResponderExcluir