Em faro editorial horror na colina de darrington livro marcus barcelos resenha suspense terror

Resenha: Horror na colina de Darrington - Marcus Barcelos

LivroHorror na colina de Darrington
Autor: Marcus Barcelos
  Editora: Faro Editorial
Páginas: 144
Nota: 3,5⭐


Sinopse

Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil. No entanto, certa madrugada, a tranquilidade dacolina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto. Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga que abriga mistérios e parece próxima do inferno. Dez anos depois, Ben decide contartudo o que viveu, desvendando uma conspiração capaz de destruir até asua própria sanidade. Onde termina o inferno e começa a realidade?

Minha opinião

Ben, ou Benny como sua priminha chama, é um órfão que depois de crescido, vai morar com os tios na Colina de Darrington, buscando mudar de vida e ajudar na casa, visto que sua tia está acamada, sua prima mais velha está na faculdade, seu tio precisa sustentar a família e ele tem uma prima pequena, Carlinha.

No entanto, a casa tem um clima assustador e depois de 11 anos do acontecimento que mudou sua vida naquela casa, Ben resolve nos contar nesse livro todos os segredos que descobriu e como sobreviveu ao fatídico dia.

Desde que li o conto de Marcus Barcelos em Vozes do Joelma, Os treze, fiquei muito curiosa de conhecer outra obra do autor. É difícil falar muito sobre o livro sem dar spoilers, então tentarei ser breve.

O autor explica na introdução que o livro foi feito para ser uma história propositalmente curta mesmo, e eu já fiz várias resenhas de livros de terror curtos aqui e até mesmo contos que me surpreenderam.

No entanto, apesar da premissa do livro ser muito boa, o enredo é muito corrido e eu não consegui me conectar muito com os personagens, então quando algo acontecia com eles, eu não sentia o impacto, era como se os personagens apenas entrassem e saíssem.

Senti muita falta de saber um pouco mais sobre o passado deles antes de se mudarem para a colina e fiquei me questionando como um menor de idade fica em um orfanato por vontade própria mesmo sabendo da existência de uma família desde a infância.

O trabalho gráfico é lindíssimo. Possui documentos do depoimento de Ben para a polícia, fragmentos de jornais, entrevistas, do livro que sua tia escrevia antes do incidente e ilustrações muito bem feitas. O livro possui também referência à Creepypasta do monstro no armário e à cidade fictícia "Maine" de Stephen King.

Então, dei 3,5⭐(bom), por ter gostado da premissa e de alguns elementos no enredo. No entanto, o livro tem uma continuação, Dança da escuridão, que também divide opiniões, então acho que só poderei dar uma avaliação definitiva depois de conferir a continuação, embora uma continuação anule o fato do autor dizer que a história foi feita para ser propositalmente curta.

Existe um momento no livro que seria perfeito para finalizar e deixar um final em aberto nos fazendo questionar se tudo aquilo era real ou não. Então, penso que no fim das contas a maior questão no livro foi acabar tendo subtraído alguns detalhes mas se prolongado demais no desfecho.

Você pode adquiri-lo aqui.

Por Amanda Rocha




Posts Relacionados

5 comentários:

  1. Gostei demais dessa leitura, o autor não poupa sustos, logo de início ele já coloca cenas de terror o que eu gosto muito. Já tenho "Dança na escuridão", mas ainda não li e espero fazer isso logo para fechar essa história com chave de ouro, pois estou bem curioso.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Bom, eu também estou com este livro na estante para ler, e provavelmente o farei na semana que vem. Creio que lerei bem rapidinho, já que tem poucas páginas e que gostarei bastante, já que, assim como você, depois de "Vozes do Joelma", também fiquei curiosa em conhecer a escrita do autor. Parabéns pela bela escrita descritiva da obra! Feliz Páscoa!

    ResponderExcluir
  3. Não estou acostumada a literatura de horror. Somente esse ano li H.P Lovecraft por exemplo. Preciso ampliar meus horizontes neste tipo de leitura hehehe
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, embora o título me pareça familiar. Terror é um dos meus gêneros preferidos e achei muito interessante a sinopse, mas fiquei com o pé atrás pelo que você disse sobre o enredo corrido e a dificuldade de se conectar aos personagens. Mas ainda assim, vou anotar aqui, assim como a continuação que você mencionou.

    ResponderExcluir
  5. A premissa parece interessante mesmo, pena que a leitura não te prendeu tanto mas acredito que o saldo final tenha sido positivo. Terror é um gênero que gosto bastante e fico feliz em saber que autores nacionais estão investindo nesse nicho.

    ResponderExcluir