Em editora valentina livro polêmico proibido resenha livro tabitha suzuma

Resenha: Proibido - Tabitha Suzuma

Livro: Proibido
Autora: Tabitha Suzuma
Editora: Valentina
Páginas: 330
Nota:⭐⭐⭐⭐

Sinopse

ELA é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.

ELE é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.

ELES são irmão e irmã.

Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

Os livros de Tabitha Suzuma foram indicados para diversos prêmios, entre eles a Carnegie Medal, o Waterstone´s Book Prize, o Jugendliteraturpreis e o Branford Boase Book Award. Ela foi premiada com o Young Minds Award, o Stockport Book Award e o Premio Speciale Cariparma para Literatura Europeia. Proibido foi lançado com enorme sucesso na Alemanha, Itália, Estados Unidos, Dinamarca, Grécia e Espanha, entre outros países.


Minha opinião

[ATENÇÃO: A RESENHA A SEGUIR TEM CONTEÚDO POLÊMICO]

Maya e Lochan são irmãos e melhores amigos, eles sempre foram unidos, mas depois que o pai os abandonou e a mãe não assume suas obrigações de mãe, eles acabam se vendo obrigados a tomar conta dos irmãos menores para manter unida o resto da família.

Maya é sonhadora, imagina que no futuro as coisas vão melhorar, que a família vai conseguir passar por todo sofrimento que a vida reservou para eles incólumes.

Lochan é pé no chão, extremamente inteligente só acredita no que está diante dos seus olhos e o que ele pode ver não é nada otimista.

Involuntariamente, os irmãos acabaram assumindo os papéis de pai e mãe da família, papéis que adolescentes de 16 e 17 anos nunca deveriam ser obrigados a assumir. Quando um caía o outro estava lá pra ajudar a levantar.

Maya e Lochan passam tanto tempo assumindo responsabilidades juntos que acabam se apaixonando.

Proibido é um livro extremamente difícil de ler, tanto pelo fato de ver os irmãos lidando com uma mar alcoólatra que não dá a mínima pros filhos porque o marido a abandonou com os filhos, quanto pela questão do incesto, tanto que tinha partes que eu não li, não tive sangue frio pra isso.

Entendam que esse livro não é um romance, não podemos romantizar um assunto desses, mas o livro também traz outros aspectos, como a carga emocional que os adolescentes precisam aguentar, pelo fato do livro ser narrado alternadamente pelos irmãos a gente conseguia sentir exatamente o que eles estavam sentindo, a Maya que queria ser uma adolescente normal, sair com os amigos e tudo mais, mas não podia porque tinha que voltar pra casa pra tomar conta dos irmãos, o Lochan que não conseguia falar com ninguém da escola devido a uma ansiedade social.

Esse livro tem um conteúdo extremamente polêmico, mas quando pegarem pra ler, tentem olhar além do incesto, claro que não estou pedindo pra ignorar e achar normal e lindo, mas o livro também aborda outras questões importantes. Inclusive o final que me destruiu.

Você pode adquirir o livro aqui. Gratuito para Kindle Unlimited.

Por Priscila Biancardi

Posts Relacionados

2 comentários:

  1. Eu ainda tenho uma dúvida imensa se leio ele ou não 😕

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus!! Com certeza não é o tipo de livro que eu costumo ler. Não conhecia esse livro. Amei a foto e a resenha migaa

    ResponderExcluir