Em como eu era antes de você editora intrínseca jojo moyes livros livros que viraram filmes resenha romance

Resenha: Como eu era antes de você - Jojo Moyes

Livro: Como eu era antes de você
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Nota:⭐⭐⭐⭐

Sinopse

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.


Minha opinião

Dia desses conversando com a Priscila até nos surpreendemos de não termos resenha dessa trilogia da Jojo Moyes ainda aqui, aí lembramos que a lemos antes de ter o blog.

Para quem não sabe, esse livro é o nosso favoritinho de romance. Mas o que ele tem de tão especial?

Caso você ainda não conheça o enredo, em Como era antes de você conhecemos Louisa Clark e Will Traynor.

Imagina você ser um viciado em trabalho, bem-sucedido, aventureiro, esportista e com uma namorada linda, e de repente ver tudo isso sumir? Foi isso que aconteceu com Will Traynor.

Um belo dia, saindo para o trabalho já atrasado, em meio a uma ligação telefônica se distrai ao atravessar a rua e acaba sendo atropelado por um moto. E desde então, Will nunca mais foi o mesmo. Will fica tetraplégico após o acidente. O sorriso dele some, as aventuras não mais existem e sua namorada o abandona...

Louisa Clark é a típica garota de cidade do interior. Ela está ali apenas vivendo, sem pensar muito adiante, contente com o pouco que recebe, presa em um relacionamento por puro conformismo.

Sem muita experiência no currículo, assim que o café onde ela trabalha precisa fechar as portas, ele recorre a um banco de empregos e vendo que não há muito o que exigir, resolve tentar uma vaga de cuidadora. E é aí que o caminho de Will e Louisa se esbarra.

"Durante algum tempo, você vai se sentir pouco à vontade em seu novo mundo. É sempre estranho ser arrancada de sua zona de conforto. Mas espero que fique animada também. Sua expressão, quando voltou da aula de mergulho naquele dia, me disse tudo: você tem ambição, Clark. É destemida. Mas escondeu essas qualidades, como quase todo mundo."

Will é extremamente ranzinza por se sentir muito incomodado de precisar de todo mundo para fazer tudo e por ter sido sempre muito independente antes do acidente.

Louisa, apesar de não ter experiência como cuidadora, sempre lidou com público e é muito bem-humorada. Então, de início a personalidade dos dois se choca. Will demora muito se abrir e Louisa continua insistindo até conseguir arrancar essa máscara que Will colocou depois do acidente.

E é inevitável não se encantar com o crescimento do relacionamento dos dois. Will ensina muito sobre a vida para Louisa que sempre se manteve ali, a encoraja a viver mais além daquela vida pequena que ela vive e Louisa traz os sorrisos de volta para Will.

No entanto, a mãe de Will esconde de Louisa o real motivo de querer contratar uma mulher jovem para cuidar do filho e espera que a jovem possa entrar na vida de Will para tirar de sua cabeça a ideia de que a vida não vale mais a pena.

Como eu era antes de você é um romance diferente de tudo que li. Os personagens são muito bem construídos, a cada página a gente se apega e torce mais pelo casal e além de tudo isso, ainda traz um tema muito importante a ser discutido porque a gente cria uma empatia tão grande por Will que por mais que doa, a gente acaba entendo suas razões.

E não acho que o livro seja só sobre como a Louisa era antes do Will porque ela também acrescenta muito na vida dele. E, apesar de ser uma trilogia, eu acho o enredo desse livro tão bem finalizado que pode ser tranquilamente lido como um volume único.

Um livro para ler com a caixinha de lenços de papel ao lado e terminar com mil reflexões na mente sobre o que a gente está fazendo da nossa vida. E a adaptação cinematográfica estrelada por Emilia Clarke e Sam Claflin é uma das melhores que já vi.

E vocês já leram esse livro? Gostaram? Espero que tenham gostado da resenha e não se esqueçam de viver, apenas vivam bem. Apenas vivam.

Você pode adquiri-lo aqui.

Por Amanda Rocha

Posts Relacionados

5 comentários:

  1. Amei essa leitura! Chorei muito! Impossível se colocar no lugar dele, pensei nos pais, na do, na perda, achava que nem precisava de continuação, mas esse já é papo para o próximo post...
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Eu lembro quando li esse livro pouco antes de o filme ser lançado: chorei que nem uma criança!!! E chorei no cinema também. Na verdade, hoje em dia eu acho que não iria gostar muito do livro (inclusive eu achava que esse livro era de autoajuda antes de ler), mas o filme eu ainda amo! Choro toda vez </3
    Seu post me deixou nostálgica hihi.

    ResponderExcluir
  3. Amei muito ler esse livro, ele é realmente muito especial. Chorei horrores quando li e até hoje não assisti o filme. Tenho que me preparar emocionalmente para a choradeira novamente rsrs

    ResponderExcluir
  4. Uau. Que post mais lindo! E essa resenha bem escrita e caprichada torna tudo ainda melhor. Adorei ler mais esse livro da trilogia! Na minha opinião, esse é melhor do que o primeiro livro. Porque eu gostei muito mais desse segundo livro. E eu também super concordo que apesar de ser uma trilogia, esse enredo do livro pode ser tranquilamente lido como um volume único, pelo fato de estar tão completo.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro , mas todo mundo fala muito bem dele e amei sua resenha pois me deu mais vontade ainda de ler . Fico feliz em saber que da para ler como volume único , mas com certeza ler a trilogia deve ser ainda melhor! Está muito bem escrita a resenha me deixando curiosa para ler mais ainda!

    ResponderExcluir