Em a profecia apocalipse david seltzer maratona do desespero pronome interrogativo terror the omen

Resenha: A profecia - David Seltzer

Livro: A profecia
Autor: David Seltzer
  Editora: Círculo do Livro
Páginas: 204
Nota:⭐⭐⭐

Sinopse

Jeremy Thorn e sua mulher Katherine recebem na maternidade a notícia de que seu filho nasceu morto, e são induzidos pelo Padre Spillietto a adotar um menino cuja mãe havia morrido de parto. Damien, a criança adotada, é na verdade o Anticristo profetizado pela bíblia, e tudo faz parte da trama de um grupo que tem pacto com o Diabo. Começa a ter lugar uma série de estranhos "acidentes" fatais envolvendo a vida dos Thorn.

Todo esse terror inexplicável se concentra em torno de seu filho Damien e seu estigma maligno. Uma narrativa surpreendente, que alcança um grau de emoção, mistério e suspense poucas vezes afligido por qualquer livro do gênero. Mantém o leitor eletrizado e preso nas malhas de uma intriga surpreendente e dramática.

Minha opinião

Lembra daquela criancinha arteira que você costuma chamar de "filho do demônio"?  Pois bem, você nunca mais a chamará assim depois de conhecer Damien Thorn.

Jeremy Thorn e sua mulher, Katherine sonham em ter um filho. Depois de passar por dois abortos, finalmente Katherine consegue levar a gravidez até o fim. No entanto, surpreendentemente Jeremy recebe a notícia de que seu filho nasceu morto.

Um padre envolvido no parto diz que naquele mesmo local uma criança nasceu e sua mãe morreu no parto. Seria a chance da criança ter uma família e a esposa de Jeremy nunca precisaria saber que seu filho morreu, já que o bebê se parecia muito com eles, e aí que Jeremy abre as portas para que o mal se instale em sua família.

Já tinha ouvido falar muito sobre o filme adaptado desse livro apesar de nunca o ter assistido. Então, um belo dia pesquisando sobre terror me senti muito atraída por esse enredo e vendo que não o encontrava mais à venda, optei por comprá-lo em um sebo no estante virtual.

E até agora não entendo porque demorei tanto para o ler finalmente. Escolhi esse livro para as categorias "Um livro que você diz que sempre vai ler" e "Um livro clássico" da Maratona do Desespero da youtuber Thaís do Pronome Interrogativo e me surpreendi demais com ele.

Jeremy vai contar com a ajuda do fotógrafo Jennings, que fica assustado ao perceber um certo padrão de manchas nas fotos que tira de pessoas relacionadas à família Thorn, e do padre Tassone que esconde um segredo horripilante de seu passado, para desvendar porque o mal vem o seguindo. Quem é Damien? Quem era a mãe de Damien?

Eu não costumo sentir medo de livros de terror, mas devo dizer que as cenas mais tensas do livro são belamente descritas por David Seltzer as tornando extremamente chocantes e ele consegue deixar o leitor aflito conforme a profecia vai se concretizando e vamos acompanhando as coisas ruírem.

E vocês sabem como eu amo um enredo bem construído onde podemos ver que o escritor teve todo o trabalho da pesquisa para montar o livro. David traz alguns dados históricos e diversas passagens bíblicas que caem como uma luva tratando-se de um livro tão apocalíptico quanto esse.

Se o bem ou o mal venceu? Aí vocês terão que ler para conferir.

Recomendadíssimo para os amantes de terror.

Por Amanda Rocha

Posts Relacionados

8 comentários:

  1. Eu já assisti o filme, mais de uma vez, mas creio que o livro seja bem mais forte e tenso. Além da trazer mais elementos.
    Gostaria muito de ler esse livro, mas realmente é difícil de encontrar.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que ainda não vi o filme, me disseram que o antigo é melhor que o remake. Vou procurar para conferir logo.
      E sim, é bem difícil de encontrar o físico, mas acredito que é possível encontrá-lo digital.

      Beijos

      Excluir
  2. Esse livro é novidade para mim. Gostei de saber mais sobre essa trama. Além da resenha bem elaborada. Eu ainda não conhecia uma obra publicada por essa editora. Bem legal conhecer esse enredo, nunca li algo parecido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Debora!

      Esse enredo é bem tenso, foi super bem desenvolvido.

      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Amanda! Adorei a introdução da resenha! Cheguei a achar que fosse da Priscila! Vc está se superando nas resenhas! Cada qual melhor que a outra! Parabéns! E essa maratona da Thaís nos rendeu ótimos frutos!😅 Parece mesmo uma leitura de arrepiar! Gostei dessa indicação! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hihihi às vezes eu faço minhas graças também.

      Sim, rendeu demais! Esse foi um livro que fiquei muito feliz de finalmente desencalhar da estante.

      Beijos

      Excluir
  4. Buongiorno, cara mia...
    Eu vi o filme algumas vezes e li o livro... confesso que gostei mais do livro porque o filme tinha algumas falhas que me incomodaram. O roteiro parece um queijo suíço de tantos furos que tem.
    O livro me incomoda um pouco na idéia de maldade predestinada ao nascimento. Sei que é uma idéia biblica, o tal pecado original, mas no outro livro do mesmo autor, a idéia era que qualquer pessoa poderia ser seduzida pelo mal. Achei mais interessante. rs

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, é sempre assim, né? O livro é sempre melhor, mais completo, né? Roteiro adaptado é complicado. Disseram que a versão antiga é melhor que o remake.
      Olha, não conheço o outro livro do autor. Valeu pela dica!

      Beijos

      Excluir