Em A coisa derry editora suma halloween It it a coisa it a coisa livro pennywise resenha stephen king suma das letras terror

Resenha: It: a coisa - Stephen King

Livro: It: a coisa
Autor: Stephen King
Editora: Suma
Páginas: 1104
Nota:⭐⭐⭐
⭐⭐

Sinopse

Durante as férias de 1958, em uma pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança... e do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permaneceu em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Neste clássico de Stephen King, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.


Minha opinião

Esse mês nós estamos no céu, porque é apenas mais uma desculpa pra gente lotar o feed de resenhas dos livros do King.

Então sem mais enrolação, vamos à resenha.

It é um dos maiores sucessos de Stephen King.

Tudo começa com um crime brutal, quando o pequeno Georgie sai para brincar com o seu barquinho e dá o azar de encontrar Pennywise, um palhaço que vive nos esgotos de Derry.

Pennywise mexe com todos os piores medos dos nossos personagens e com os dos leitores também, já que ele tem o poder de se transformar no que as pessoas temem. Mesclando a narrativa entre passado e presente, King nos apresenta uma narrativa incrível, com riquezas de detalhes (detalhes até demais as vezes, se é que vocês me entendem).

It é um livro obrigatório para os fãs do Mestre. Não recomendo para quem ainda não leu nada dele, mas para quem já tem certa experiência no Kingverso, a leitura é essencial.

Agora conta pra gente: Qual forma o Pennywise assumiria pra você?

Você pode adquirir o livro aqui.

Por Priscila Biancardi

Posts Relacionados

6 comentários:

  1. Oi, tudo bem? Nunca li o livro, mas assisti a versão mais recente do filme (do primeiro) e achei incrível. Eu não gosto muito de filmes de terror porque frequentemente são histórias meio clichês, mas esse eu achei incrível e realmente assustador. Imagina uma coisa que consegue se transformar nos seus piores medos? Nossa

    ResponderExcluir
  2. It é um dos maiores clássicos de King, um livro instigante que não pode faltar na prateleira de quem é fã do gênero terror/suspense. Ainda não vi o segundo filme mas pretendo assistir em breve!

    ResponderExcluir
  3. Acho que esse é meu livro favorito do King. Sou muito apegada aos personagens e a história como um todo, vira e mexe tiro o livro da estante para ler algum trechinho e já li o livro todo duas vezes. E eu não acho que seja um livro tão de terror assim, sabe? Tem sim algumas cenas que dão muito medo e claro que as coisas que o Pennywise faz são terríveis, mas eu não acho tão assustador. E esse é um dos raros casos que eu amei o filme (as duas partes). Tem sim suas mudanças mas eu gostei muito. Ainda amo mais o livro, mas adoro os filmes também. E o Pennywise, para mi, provavelmente assumiria sua forma "original", porque eu tenho verdadeira fobia (não escrevi o que é porque vai que alguém não leu, mas tenho pavor daquela criatura!)

    ResponderExcluir
  4. Oi, Pri! Primeiro, amei essa foto e a chamada no Instagram para a resenha! O máximo! Vcs arrasam sempre! Segundo:ahhhhhhh, preciso ler It,mas é um calhamação, cara! Só Deus sabe quando terminaria! Kkkk! Parabéns pela Resenha que está muito caprichada, viu?! Amo passear por aqui, pois o trabalho de vcs é de qualidade! E esse palhaço, misericórdia! Kkkk amo, mas com medo! Hahahahah! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Não é o meu livro favorito do King, mas o li... tenho horror a palhaços por causa de um incidente na minha infância. E nem foi comigo. Mas com alguém próximo. Eu tenho horror a agulha, minha cara. Sinto calafrios. Já passei vexame para fazer exames ou coletar sangue. É patético. E na cadeira do dentista. Crise de ansiedade e por aí vai.
    Essa sou eu... no mais, eu enfrento qualquer drama ou neurose, mas não coloque agulhas perto de mim. Viro um dente de leão, todo esparramado ao vento. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  6. Li o It no começo do ano, passeio 03 meses lendo, rs... Não sou fã do King, mas gostei bastante da história...
    Abraços

    ResponderExcluir