Resenha: Você - Caroline Kepnes - Sobre a leitura

Resenha: Você - Caroline Kepnes

Livro: Você
Autora: Caroline Kepnes
Editora: Rocco
Páginas: 384
Nota

Sinopse

Bestseller do The New York Times, o romance de estreia de Caroline Kepnes ganhou elogios de escritores do calibre de Stephen King e Sophie Hannah, além de resenhas estreladas, e deu origem a uma série de TV homônima que estreia neste primeiro semestre nos EUA. Não é para menos. Hipnótico, assustador, brilhante são alguns dos adjetivos usados para descrever este thriller sobre um amor obsessivo e suas perigosas consequências. A trama tem início quando Guinevere Beck, que deseja ser escritora, entra na livraria do East Village onde Joe Goldberg trabalha. Bonita, inteligente e sexy, Beck ainda não sabe, mas é a mulher perfeita para Joe, que, a partir do nome impresso no cartão de crédito de sua cliente, passa a vasculhar sua vida na internet e a orquestrar uma série de eventos para garantir que ela caia em seus braços, fazendo com que tudo pareça obra do acaso. À medida que o romance entre os dois engrena, porém, o leitor descobre que Beck também guarda certos segredos e os desdobramentos desse  relacionamento mutuamente obsessivo podem ser mortais. 


Minha opinião


Eu li esse livro já tem um tempo, mas demorei pra fazer essa resenha porque ainda não tinha definido minha opinião sobre ele.

O primeiro ponto que eu queria deixar claro aqui é: odeio o Joe. Agora vamos a resenha: Joe trabalha em uma livraria e um belo dia, Beck entra para comprar uns livros e  imediatamente Joe desenvolve uma obsessão por ela. No decorrer do livro podemos ver que Beck não é a primeira a ser alvo do rapaz.

Apesar de não ter gostado tanto do livro no geral, a escrita da autora me agradou muito, ela nos passa os pensamentos do Joe de uma forma que nos faz realmente odiar o cara, o fato de ele achar que é supernormal perseguir a garota daquele jeito como se ela fosse propriedade dele.

No final das contas o que não me agradou no livro foi o fato de ele ser tão real na nossa atual realidade onde cada vez mais nós mulheres sofremos nas mãos de homens que acham que podem nos tratar como se nada fossemos. No geral é um bom livro.

Adquira o livro aqui.

Por Priscila Biancardi

Talvez você também goste

8 comentários

  1. Infelizmente relacionamento abusivo é uma realidade gritante, e ao mesmo tempo muitas pessoas estão cegas, e ainda acham que a mulher é a culpada...Sorte para as próximas leituras...
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Joe é um ser repulsivo mesmo e eu compartilho do mesmo ódio. Não sei como tantas mulheres romantizaram e relativizaram a maldade desse infeliz.
    Realmente, a trama é tão próxima da realidade e vemos tantas ocorrências de casos parecidos com a história de "Você" que chega a chocar. Também fiquei nessa de não saber se gostei ou se odiei a ficção, justamente por ser tão próxima -infelizmente- da realidade. :/

    ResponderExcluir
  3. olá!
    Não conhecia este livro, pena que não te agradou muito, mas vale sempre a experiência né?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li esse livro. Estou esperando para assistir a série só depois de ler, mas já sei que o Joe não presta. O cara é um psicopata e, assim como ele, existem milhões à solta.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente è muito real mesmo isso de homens tratar as mulheres como se não fossem nada. Fiquei curiosa para saber o final,já quero ler.
    Beijos
    www.anneferreirablog.com

    ResponderExcluir
  6. Compartilho o mesmo sentimento que o seu em relação ao Joe. Ele é um ser de dar nojo! E o pior é que podemos encontrar pessoas do mesmo nível que ele em qualquer lugar. Também sinto isso de não gostar da história em si, mas amar a forma que o autor escreve. Amei a resenha!

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto dessas histórias mais realistas. Acho que já temos muitos contos de fada por aí.

    Não é meu tipo de leitura, mas depois vou procurar. Abraços!

    🌗 Relatos de um Garoto de Outro Planeta

    ResponderExcluir
  8. Ah, eu ouvi falar desse livro, mas ainda não o li e não sei se o farei porque minha realidade anda cercada por pessoas-homens do tipo Joe. É o tipo de um ser humano que me causa repulsa, ainda mais quando atingem pessoas próximas, que amamos e, que, por mais que tentemos alertar, não surte efeito porque as pessoa fingem não ver e até que tudo desmorone, nos ignoram e, de repente, é tarde demais. aff

    bacio

    ResponderExcluir