Em Alice blogagem coletiva interative-se lewis carroll livro proibido

Blogagem coletiva: Livro proibido - Alice de Lewis Carroll

Alice no país das maravilhas

Sinopse

Obra-prima criada pelo escritor inglês Lewis Carroll, no século XIX, Alice no País das Maravilhas imortalizou-se na literatura mundial como uma fábula capaz de encantar adultos e crianças. Uma ficção sem igual que se tornou sucesso há mais de cem anos e ainda hoje é um clássico obrigatório para leitores de todas as idades.O livro conta a história de uma menina curiosa que decide seguir um coelho branco, quando de repente cai em sua toca e é levada a um reino onírico, onde convive com criaturas estranhas e se envolve nas mais inusitadas aventuras. Neste universo inesperado, não há limites entre sonho e realidade.Mais do que uma obra ficcional-juvenil, Alice no País das Maravilhas é uma alucinante viagem por um mundo nada óbvio em que imaginação, desafios de lógica, jogos de palavras e situações nonsense combinam-se de maneira única e inesquecível.

Pôsteres das adaptações cinematográficas mais famosas de Alice.

Quem vê a sinopse, conhece o enredo de Alice e suas adaptações cinematográficas, não imagina que a obra tenha sido proibida em lugar algum. No entanto, em 1931 ele foi proibido na China pelo simples fato de Lewis ter colocado os animais no mesmo nível hierárquico que os homens e com as mesmas qualidades que eles, inclusive no ato de falar.

 Curioso, né? Já sabiam disso? Conhecem mais algum livro proibido? Conte pra gente nos comentários!

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva do Interative-se.

Por Amanda Rocha

Posts Relacionados

13 comentários:

  1. Ah, eu li esse livro na minha primeira década de vida e já li muitas coisas a respeito dele, mas nada sobre essa proibição. Soube de outras. Inclusive sobre as suspeitas que recaíram sobre Carrol, que tinha fascínio por crianças, especialmente meninas. Um de seus hábitos era guardar fotos de garotas nuas ou seminuas. E dizem que imagens da menina que inspirou a Alice, foram encontradas em seus arquivos.
    Mais recentemente, li uma história maluca na internet (berço de todas as teorias da conspiração) de que a menina foi internada num hospício. Enfim, é uma história horrível.

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, que loucura toda história. Nunca imaginaria! Estou ainda mais chocada que com a proibição.

      Excluir
  2. Amiga, que post gostoso! Eu te confesso que me espantei quando descobri que Alice seria.um livro proibido! Amo essa história! De verdade! Participar dessa blogagem me propiciou pesquisa! Amo isso! Parabéns pelo trabalho realizado aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Também me surpreendi! Um livro que consideramos tão simples passar por uma pribição assim, né? Acho que ninguém imaginava.

      Excluir
  3. Adorei o post e adoro o livro citado, não imaginava que fosse proibido...Talvez por isso seja uma leitura tão mágica, rs...
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cultura diferentes nos propiciam essa diversidade de permitido/proibido, né?

      Excluir
  4. Olá!!

    Eu fiquei abismada de ver Alice entre os proibidos, é inacreditável, ainda mais pelos motivos.
    Esse é um clássico que amo! já li e reli!
    Adorei o post!

    bjs
    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Motivos que soam tão banais pra gente, né? A diversidade cultural sempre pode nos impressionar.

      Excluir
  5. Oi Amanda!
    Fiquei impressionada, não fazia ideia de que Alice havia sido proibido em algum lugar. Meu primeiro contato com a história foi através da animação da Disney e, não era nada que me agradava muito. Só passei a realmente gosta da história, personagens e tudo o mais, quando li o livro, há alguns bons dez anos atrás, e logo li a sequência 'através do espelho', de tanto que gostei. Uma obra realmente única! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas uma obra que passa de geração pra geração. Confesso que também me impressionei.

      Excluir
  6. Nossa, os chineses pegaram pesado por causa de diálogo com animais. Mas cada cultura é uma cultura e devemos respeitar. Achei bem interessante a curiosidade do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É complicado mesmo a gente conseguir ver da mesma forma porque é algo tão banal para a gente. Mas de fato cultura é cultura.

      Excluir
  7. Adoro esse livro! Tenho ele e o segundo (Através do Espelho). Esse filme do Tim Burton foi bem criticado, mas até que gostei. Ele mistura coisas do primeiro e do segundo.

    🌗 Relatos de um Garoto de Outro Planeta

    ResponderExcluir