Especial: Serial Killer


Serial Killer é um tema que eu sempre gostei, apesar de ser bem polêmico é interessante tentar entender como as cabeças dessas pessoas funcionam, então trouxemos um arquivo de serial killer para vocês.

Origem do termo: Serial Killer quer dizer Assassino em Série. Mas qualquer pessoa que tenha matado um monte de pessoa é um serial killer? Não.

O consenso geral em termos de número para alguém ser classificado um serial killer é 3 assassinatos. O que diferencia um serial killer de um assassino normal é o sadismo incluso no seu modus operandi, já que são psicopatas.

***

Sinais de alerta

A tríade MacDonald mostra que três comportamentos são muito comuns na infância dos serial killer, são eles:

- Molhar a cama
- Atear fogo em coisas
- Maltratar animais.

Exemplos de serial killers que praticavam maldades com animais na infância são: Ted Bundy, Jeffrey Dahmer e Dennis Rader.

Entretanto a teoria perdeu a credibilidade com o avanço das pesquisas, pois nem toda criança que apresentar esses comportamentos vai crescer e se transformar em um assassino em série.

O que nos leva a um sinal de alerta que é consenso geral entre os pesquisadores.

***

Principais características de um psicopata

- Os serial killers são psicopatas desprovidos de empatia e remorso, mas vale lembrar que nem todo psicopata é serial killer.

- Serial killers usam de seu charme, manipulação, intimidação e violência para atrair suas vitimas, o que se torna uma tarefa fácil para alguém que não sente empatia pelo próximo.

- Outro comportamento comum de um assassino em série é a parafilia, que são fantasias ou comportamentos frequentes, intensos e sexualmente estimulantes que envolvem objetos inanimados, crianças ou adultos sem consentimento, ou o sofrimento ou humilhação de si próprio ou do parceiro.

- Ao contrário do que pensamos os serial killers não aparentam ser assustadores, muito pelo contrário, o fato dessas pessoas não tem empatia, torna fácil que imitem comportamento de pessoas normais, assim parecendo normais a sociedade.

- Alguns são necrófilos

- Tem prazer em ser violento, antes de matar suas vitimas gostam de humilhar, torturar, estuprar...

- Atividade cerebral diferente, baixa atividade na área do cérebro responsável pela empatia, consciência e remorso.

***

Fases de um serial killer

Antes e depois de chegarem as vias de fato os serial killer passam por algumas fases:

1) Fase áurea: É o impulso antes de se preparar para cometer o crime, perda do contato com a realidade;

2) Fase da pesca: A procura da vitima e de locais;

3) Fase galanteadora: Escolha da vitima;

4) Fase da captura: Perseguição, captura e execução da vitima;

5) Fase totem: Levar troféus da cena do crime;

6) Fase da depressão: Voltar para realidade e ver que o crime não foi como o esperado e voltar a matar para tentar fazer melhor, nessa fase é comum que tente suicídio.

***

Alguns dados

- Escolhem vitimas acessíveis como prostitutas e moradores de rua;

- Tendem a ser homens, mas de todas as raças;

- Estrangulamento é método mais comum;

- 78% dos casos envolvem atividades sexuais;

- Em mais da metade dos casos os assassinos levam itens da cena do crime.


Para finalizar esse arquivo temos uma curiosidade: Ted Bundy ajudou na captura de Gary Ridgway, o assassino do Green River, Ted fez um perfil tão bom que foi considerado melhor do que o da própria policia, o que resultou na captura de Gary.

Por Priscila Biancardi

Talvez você também goste

14 comentários

  1. Eles não tem empatia, não tem remorso, não tem nenhuma relação social mais profunda mas ainda assim dão maior ibope em livros e filmes com o tema. Gosto de assitir e de ler histórias reais ou fictícias de serial killers mas o mais complicado é entender a mente deles sem ficar um pouco "revoltada" pq ñ demonstram sentimento algum né! De qqr forma confesso que esse enredo prende minha atenção !

    ResponderExcluir
  2. Olha gostei muito do seu post, pois Serial Killer é um tema que eu sempre gostei também é um assunto que me chama atenção, gosto de poder conhecer um pouco mais sempre do assunto.
    Fico muito bom o post parabéns mesmo. Ganhou uma seguidora <3

    MeninaRisonha

    Facebook

    ResponderExcluir
  3. Olá! Muito bom seu post e traz as características verdadeiras de um psicopata. Interessante como esse tema sempre desperta muito interesse. Tenho lido livros sobre o tema. Muito sucesso com o blog, bjo

    ResponderExcluir
  4. Às vezes me pego pensando em como pode ser possível um ser humano cometer tantas atrocidades sem sentir remorso, culpa ou arrependimento. E o mais incrível é que as histórias mais famosas de terror do cinema envolvendo serial killers, foram inspiradas em histórias reais! É assombrosa a frieza dos psicopatas.
    Gostei muito do post!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Uau!! Acho que conheço muita gente assim hoje em dia... (brincadeira) vou te falar uma coisa eu já vi um seriado em um canal a cabo sobre esse assunto e não gostei nada fiquei super assombrada mas o assunto é bem complexo e curioso por que se trata da mente humana.
    Parabéns pelo post!!!

    Bjs,
    https://keilycesporkeilaluciablog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olha, adoro essas postagens explicadinhas , com os porquês! Muito interessante, inclusive acho que nunca vi um serial feminino.

    ResponderExcluir
  7. Gosto de psicopatas em filmes, livros... na vida real, se possível, eu dispenso.
    Ah, a bem da verdade, não tendem a ser homens, mas é que existe uma curiosidade no psicopata homem, ele precisa que saibam (em algum momento) de seus atos. A satisfação final vem em saborear seus feitos. Na mulher é diferente. Elas não precisam se revelar e sentem prazer em saber que outro paga pelo crime cometido por ela. Os homens dificilmente conseguem parar e as mulheres, interrompem seus atos. Ainda não se sabe os motivos disso. No último artigo que eu li, ainda estavam a investigar o comportamento.
    Poucas mulheres foram pegas, mas existem algumas e são bastante conhecidas e foram bem mais cruéis que os homens. Inclusive, acredita-se que dentro os torturadores de Hitler havia mulheres absurdamente terríveis.
    Amélia Dyer abrigava mulheres grávidas e depois que os bebês nasciam, as deixava morrer de fome inicialmente. Depois passou a matá-las. Foi presa e ao ser solta, voltou a matar crianças. Acabou enforcada. E Aileen Wuornos serviu de inspiração para um filme. Matou 7 homens na Flórida, com requintes de crueldade e foi executada em 2002.
    Deu para notar que adoro esse tema? rs

    bacio

    ResponderExcluir
  8. Eu acho esse assunto tão interessante! Um dos meus tipos preferidos de leitura é o romance policial e gosto ainda mais se envolver um serial killer. A parte a ficção, também gosto de ler estudos sobre o assunto, opinião de especialistas, porque é uma loucura tentar entender como funciona a mente dessas pessoas. Já li uns dois livros muito bons da Ilana Casoy e o último que eu li sobre foi "Mindhunter" que é bem interessante. Eu acho curioso que a grande maioria dos serial killers conhecidos sejam homens, mas não acho que isso queira dizer que não existem mulheres. Talvez elas só não sejam descobertas. Eu já li uma vez sobre uma mulher, serial killer, que era prostituta e assassinava seus clientes. Não lembro o nome, nem os detalhes, mas é uma história de arrepiar.

    ResponderExcluir
  9. Serial killer é um tema que sempre atrai minha atenção, a mente dessas pessoas funciona de forma muito complexa, é difícil entender suas motivações tão sádicas e violentas. A série Criminal Minds explora esse tema de maneira magistral.

    ResponderExcluir
  10. Já assisti muitos, mesmo com medo rs.. É interessante observar esses tipos de pessoas, comportamentos e tão.. Só vendo pra acreditar que existe pessoas capazes de fazer os que fazem

    ResponderExcluir
  11. Adoro ver vídeos relacionados ao comportamento de seriais killers, e não conhecia até então uma postagem que abordasse isso, adorei!

    ResponderExcluir
  12. Oiee

    Apesar de ser um tema bem assustador, eu sempre tive interesse no assunto e já li muitos livros a respeito.
    É bem interessante estudar o comportamento das pessoas e essa parte dos psicopatas não tem qualquer sentimento é bem complexo, bem como reconhecer um deles.
    Fiquei assustada com as fases do psicopata, difícil de imaginar.
    Gostei muito do post!!

    bjs
    Fernanda

    ResponderExcluir
  13. Esse é um tema que não me atrai!Só que nunca sabemos quem esta do nosso lado!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que matéria interessante! Adorei conhecer essas curiosidades sobre os seriais killers. O que mais me chamou atenção foram as fases que eles passam. Muito bom mesmo, parabéns!!!

    ResponderExcluir