Resenha: Menina Mitacuña - Paulo Stucchi

Livro: Menina – Mitacuña
Autor: Paulo Stucchi
Editora: Schoba
Páginas: 256
Nota: 5/5

Sinopse

Um soldado negro desertor do exército imperial do Brasil e uma menina guarani cruzam o território paraguaio rumo a Assunção. Ainda que em silêncio cultivam uma amizade calcada naquilo que não pode (e não precisa) ser dito. O cenário é a Guerra do Paraguai conflito que dizimou a população masculina paraguaia e que até hoje é alvo de vários estudos históricos e de geopolítica.


Nossa opinião

Menina Mitacunã em primeiro lugar, é um livro de linguagem bem sensível, e te traz a sensação de estar sentindo na pela os acontecimentos no livro.

O livro gira em torno de um soldado brasileiro e uma menina paraguaia em tempos de guerra e mostra como uma amizade pode surgir nas mais improváveis circunstâncias.

Paulo sabe bem como despertar a humanidade dentro dos leitores e usa e abusa dessa habilidade em seu livro. Outro ponto auto do livro, além de mostrar uma linda amizade, é o contexto histórico, que também é interessantíssimo.



O livro é rico em história, geografia e é possível até aprender algumas novas palavras em outros idiomas.

O livro é acima de tudo uma história de amizade que surge em um ambiente nada propício: a guerra.


Para concluir, é um livro muito emocionante, que vai despertar muitos sentimentos em você, leitos. Vale muito a pena dar uma conferida.


Você pode adquirir o livro aqui, lembrando que o mesmo é grátis para Kindle Unlimited.

Por Amanda Rocha e Priscila Biancardi

Talvez você também goste

0 comentários