Resenha: O vilarejo - Raphael Montes


Livro: O vilarejo
Autor: Raphael Montes
Editora: Suma
Páginas: 96
Nota: 5/5

Sinopse


Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.
As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.
No vilarejo, falar que o pecado mora ao lado é mais do que um dito popular: é uma grande verdade ameaçadora da qual os moradores se dão conta pouco a pouco. E, para alguns, é tarde demais. Como resistir ao mal? à luxúria, à ganância, à ira? Como não ceder aos pecados da carne quando o frio castiga, quando o frio e a fome tomam conta, quando uma força maior parece conspirar e rodear os moradores para que eles se entreguem a seus piores instintos.
          A cada capítulo, conheça a história de um habitante, e como todas elas se entrelaçam para formar uma narrativa perturbadora e fascinante sobre nossa infinita capacidade de crueldade e compaixão.
          Em narrativas que exploram as profundezas mais sombrias da alma humana, Raphael Montes narra com destreza a velha disputa entre o bem e o mal, a vida e a morte, a tentação e a salvação.           
Descubra o que acontece no vilarejo quando a noite cai, as portas se fecham, e sua única companhia - e seu maior inimigo - é você mesmo.



Minha opinião

Apesar da sinopse dizer que os contos podem ser lidos em qualquer ordem, eu prefiro dizer que leiam na ordem para que não corram o risco de iniciar pelo último conto pois o mesmo traz a conclusão que, como em qualquer livro do Raphael, nunca estamos preparados para ela.
O livro é composto por sete contos que levam o nome de sete demônios referindo-se aos sete pecados capitais.
Montes nos mostra o pior do ser humano, a essência do mal que desperta em momentos de insanidade.
Até que ponto uma pessoa má consegue mascarar sua índole? Será que quando ela está no auge da fome? Será que quando ela cansou de não ser notada? Será que quando ela cansou de ser humilhada? E será que seus atos depois lhe causam alguma repulsa? Algum lampejo de arrependimento? Ou os fins justificam os meios?
Raphael traz mais uma vez uma atmosfera assustadora e chocante, e mesmo sendo um livro curto de contos no qual achamos que o final será aberto ou não ligará os pontos, erramos. O prefácio, os contos, o posfácio, tudo se interliga. Lembro de ter sentido um arrepio ao chegar na última página e o quebra cabeça se formar em minha mente.
Enfim, sei que acabo tendendo às mesmas palavras ao falar sobre os livros do Raphael, mas não há outra palavra além de surpreendente para descrever.
O trabalho visual feito no livro é impecável também. As ilustrações presentes em cada conto, as páginas com sangue... Elas acrescentam elementos à leitura sem podar a imaginação do leitor.
Um livro de terror completo e que não deixa a desejar em nada.
Se você é fã de terror, não se incomoda com descrições fortes com riqueza de detalhes ou estar afim de ler algo totalmente fora da sua zona de conforto, esse é o livro.

Por Amanda Rocha 

Talvez você também goste

4 comentários

  1. Oi Amanda tudo bem? Já ouvi falar bastante do autor, principalmente sobre esse livro de contos, eu adoro terror que tem um certo mistério e revelações na trama, adorei ler sua resenha pois me deixou muito curiosa sobre esses contos, e mais adoro os nacionais são os que mais leio também, dica anotada, obrigado, bjs!

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro, adorei a ideia dos pecados capitais e principalmente de serem 7 histórias diferentes. Ando meio sem tempo, e livros assim são perfeitos para esses momentos.
    Bjos floooor

    http://cariocadointerior.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi.

    Acho que no máximo que cheguei perto do gênero foi suspense/mistério. Confesso que adoraria sair da minha zona de conforto e ler um terror. Eu já vi algumas pessoas falando deste livro e sempre elogiando. Adoro livros com riqueza de detalhes, então sua resenha me conquistou!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  4. Oi! Eu não li nada do Raphael ainda, e sempre vejo algumas resenhas dos livros por aí, algumas positivas e outras não. Este livro por exemplo, é um que eu quero muito ler, porque sempre leio pontos legais sobre ele, e eu leio muito terror, então acho um escritor nacional bem promissor neste gênero. Obrigada pela resenha!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir