Resenha:Dias perfeitos - Raphael Montes

dias.png

Livro: Dias perfeitos
Autor: Raphael Montes
Editora: Companhia das letras
Páginas: 280
Nota: 3/5


Sinopse


Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina. Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez. O efeito é perturbador. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável.






Minha opinião


Quem acompanha nosso blog sabe que aqui somos muito fãs do Raphael, esse é o quarto livro do autor que eu tô lendo, estão fui com muitas expectativas, vou explicar o motivo dessa nota.


Dias perfeitos é um livro que divide opiniões... Dos que eu li do Raphael esse foi o que eu menos gostei, a escrita e a narrativa do Raphael são impecáveis, porém em alguns momentos do livro eu fiquei me perguntando o que estava acontecendo, fica difícil falar sobre isso sem dar spoiler...


Porém, o modo como o autor mostra como pensa e como funciona a mente de um psicopata foi o ponto auto do livro, logo de cara percebemos que o Téo tem algum problema, e Raphael explora isso de forma bem interessante.


Enfim, o livro é um pouco viajado em alguns momentos, mas não é de todo ruim, não é um livro eu recomendaria como primeira leitura no universo do Raphael, mas vale a leitura.


Você pode comprar o livro aqui pelo menor preço.


Por Priscila Biancardi

Talvez você também goste

0 comentários