Resenha: Nick & Norah - Uma noite de amor e música, de Rachel Cohn e David Levithan

nickenorahpic


Livro: Nick e Norah – Uma noite de amor e música
Autor: Rachel Cohn e David Levithan
Editora: Galera Record
Páginas: 224
Nota: 4/5

Sinopse


Nick & Norah: Uma noite de amor e música, de Rachel Cohn e David Levithan, chegou aos cinemas norte-americanos no final de 2008, arrancando elogios da imprensa especializada. “O filme tem uma doçura genuína, espontânea. Quem dera todos os filmes para adolescentes fossem tão ternos e sedutores”, publicou a Newsweek; “Sem ser moralista ou puritano, Nick & Norah é inteligente e trata seu público alvo com respeito”, escreveu o New York Times. Na trama, dois jovens se encontram por acaso em um caótico show de punk rock e ensaiam os primeiros passos de um destino em comum depois de um beijo inesperado. Tudo começa quando Nick pede a Norah para fingir ser sua namorada por 5 minutos. É o tempo que ele precisa para evitar a árdua (e dolorosa) tarefa de encarar e ex-namorada, que acaba de chegar (acompanhada) para assistir ao seu show. Também vagando pela terra dos corações partidos, Norah aceita. Que mal podia haver nisso? E é isso. Um único beijo basta para levar Nick e Norah por uma aventura pelos bastidores de Nova York — em um encontro repleto de alegria, ansiedade, confusão e entusiasmo, como deve ser a primeira vez. Aparentemente sem nada em comum a não ser o gosto musical, o encontro casual os leva por uma noite interminável e surpreendente em busca do lugar onde está rolando um show secreto de uma banda lendária. Alternando as vozes de Nick e Norah, David Levithan e Rachel Cohn assinam um romance divertido, elétrico e sexy sobre música, paixão e adolescência.






Minha opinião


Geralmente gosto de ler os livros antes de assistir o filme. No entanto, com Nick e Norah, aconteceu o contrário. Assisti esse filme há anos atrás e não fazia ideia que era uma adaptação, e como gosto muito do filme, assim que soube da existência do livro me animei para ler. Afinal de contas eu sou a louca que não pode ver algo que envolva música que já quer.
Primeiramente devo dizer que o livro é muito diferente do filme e confesso que há muitas cenas desnecessárias no filme e por várias vezes acontecem coisas que no livro era o contrário, cenas no qual a Norah está fazendo algo que no livro o Nick que fazia.
O livro foi feito em parceria. Rachel Cohn é responsável pelos capítulos da Norah e David Levithan pelos capítulos de Nick. O livro todo se passa em uma única noite regada a shows, performances, letras de músicas e cantorias em dupla. É cheio de referências musicais, o que torna o livro um grande aprendizado e possui cenas divertidas também.
Então você deve está se perguntando porque não dei nota máxima.
Bem, o livro demora a engatar e você fica com aquele sentimento de romance morno e acaba não embarcando tanto no ship dos personagens. Mas sabendo que o livro é mais voltado para adolescentes, é um bom livro, e de qualquer forma a leitura é válida para ampliar seus conhecimentos musicais e se divertir com o jeito do Nick e se identificar com as paranoias de Norah.
Por Amanda Rocha

Talvez você também goste

0 comentários