Resenha: A mulher na janela - A. J. Finn

mulher-4

Livro: A mulher na janela
Autor: A. J. Finn
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Nota: 5/5


Sinopse


Anna Fox mora sozinha na bela casa que um dia abrigou sua família feliz. Separada do marido e da filha e sofrendo de uma fobia que a mantém reclusa, ela passa os dias bebendo (muito) vinho, assistindo a filmes antigos, conversando com estranhos na internet e... espionando os vizinhos.


Quando os Russells – pai, mãe e o filho adolescente – se mudam para a casa do outro lado do parque, Anna fica obcecada por aquela família perfeita. Até que certa noite, bisbilhotando através de sua câmera, ela vê na casa deles algo que a deixa aterrorizada e faz seu mundo – e seus segredos chocantes – começar a ruir.


Mas será que o que testemunhou aconteceu mesmo? O que é realidade? O que é imaginação? Existe realmente alguém em perigo? E quem está no controle?


Neste thriller diabolicamente viciante, ninguém – e nada – é o que parece. 'A mulher na janela' é um suspense psicológico engenhoso e comovente que remete ao melhor de Hitchcock.





Minha opinião


"Não é paranoia se está realmente acontecendo"


Acho que a primeira coisa que devemos comentar é que dá para perceber que o autor teve muito carinho ao escrever esse livro porque pesquisou bastante desde filmes clássicos a problemas psicológicos/psiquiátricos e medicamentos.
E para um livro de estreia, A. J. Finn se saiu muito bem e se continuar nesse ritmo ao escrever outros títulos certamente se tornará um autor memorável.


A mulher na janela demora um pouco pra pegar ritmo, mas quando o livro começa a engatar não conseguimos mais soltar.
O livro gira em torno de Anna, uma mulher com seus 30 e tantos anos, que devido a traumas não consegue sair de casa. Certa noite, Anna vê algo que a faz questionar sua sanidade.
O que mais me atraiu nesse livro foi o fato de falar sobre a síndrome do pânico e agorafobia, nunca havia lido nada com essas temáticas. Sem contar que o livro é narrado em primeira pessoa, o que aumenta a sensação de realidade.
A mulher na janela foi uma ótima experiência com algo novo pra mim, acho que é uma leitura muito importante pra quem quer entender como é a vida de uma pessoa com vários distúrbios psicológicos, e principalmente para aprender a ter empatia.


E se quiserem um motivo extra para ler, o livro que foi vendido para mais de 35 países, será adaptado para as telonas pela 20th Century Fox.


Você consegue comprá-lo aqui: A Mulher na Janela



Por Amanda Rocha e Priscila Biancardi

Talvez você também goste

11 comentários

  1. […] ou será apenas ilusão de Annie? O livro é de tirar o fôlego! A resenha completa está aqui e vale muito a pena conferir! Você pode adquiri-lo […]

    ResponderExcluir
  2. Ah, que resenha ótima!
    Vou atrás desse livro agora, vou ver se encontro em e-book, gostei muito... Realmente me interessou! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Tem e-book sim! Tem na loja kindle, play livros e na Saraiva.
      Espero que goste também.
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?

    A sua resenha ficou muito legal! Eu (Yvens) tive a oportunidade de ler "Mulher na janela" assim que lançou e gostei muito, é um belo livro, um baita thiller, super recomendo!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oieee!!!

    Apaixonei pelo livro ao ler tua resenha. Amo thriller, suspense e tudo o que proporciona curiosidade e expectativa num livro.
    Já quero ler este, não conhecia o autor.
    Adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o livro de estreia dele. Começou muito bem! Espero que goste também!
      Beijos!

      Excluir
  5. esse livro é um divisor de opiniões uns odiaram outros amaram eu confesso que ele não é o meu genero favorito porem achei a historia muito bacana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, vi muitas opiniões divergentes também.
      Às vezes é bom sair da zona de conforto. Quando quiser se arriscar em suspense recomendo muito esse.
      Beijos!

      Excluir
  6. Parece um livro bem interessante, tem um tempo que quero ler.

    ResponderExcluir
  7. Esse foi um dos melhores livros que li em 2018! E não vejo a hora de a história virar filme! A obra aborda temas importantes a serem abordados e debatidos. Parabéns pela resenha e pelo capricho na realização do post! Beijos!

    ResponderExcluir